A Máscara de Tutankamón

A Máscara de Tutankamón

A Máscara de Tuntakamón é uma das peças arqueológicas mais populares do Mundo. Descoberta no ano de 1925 pelo célebre arqueólogo Howard Carter, a peça foi encontrada junto ao túmulo do Faraó Tutankamón no célebre Vale dos Reis. O artefacto tem mais de 3340 anos de existência e é hoje um símbolo por excelência da Egiptologia moderna. A máscara encontra-se em exposição permanente no Museu Egípcio do Cairo.

O Vale dos Reis é uma área geográfica localizada junto a uma das margens do rio Nilo e à cidade egípcia de Luxor, várias centenas de quilómetros a sul da capital Cairo. Este é um local por excelência para o estudo do culto dos faraós e da grande civilização egipcía. Neste local podem ser encontrados mais de 60 túmulos e câmaras funerárias dedicadas aos Faraós, sacerdotes e altas figuras da sociedade egípcia de então.

A fotografia que aparece neste artigo é da autoria de Carsten Frenzl.

Filme – The First Grader | Aprender a Ler em África

Fotografia de Kerry Brown (2009)

Uma história verídica de um aldeão queniano de 84 anos (veterano da guerra de independência do Quénia) que decide aprender a ler e acaba por lutar pelo direito de frequentar pela 1ª vez uma escola de ensino primário. O seu gesto reveste-se de tremendo simbolismo pelo facto de Maruge, este nobre idoso, ter lutado pela libertação do seu próprio país e pelo acesso aos direitos mais básicos por parte de toda a população.

No entanto, dada a idade avançada do antigo combatente, os preconceitos da sociedade queniana apresentar-se-ão como a maior barreira de acesso à educação escolar que encaram este direito como um benefício exclusivo dos mais novos. Para os que acreditam nos valores da educação, o combatente Maruge apenas quer aprender a ler…

Realizado por Justin Chadwick e escrito por Ann Peacock.

Trailer:

“Eu Conheço Um Lugar em África”, Wayne Visser

I know a place in Africa
Where I can feel the sun on my back
And the sand between my barefoot toes
Where I can hear the gulls on the breeze
And the waves crash on the endless shore.

I know a place in Africa
Where the mountains touch the skies of blue
And the valleys shelter vines of green
Where the trees spread out a cloth of mauve
And the bushveld wears a coat of beige.

I know a place in Africa
Where I can hear the voice of thunder gods
And watch their lightening spears thrown to earth
Where I can breathe the scent of rain clouds
And taste the sweet dew of dusty drops.

This is the place of wildness
Of evolution and dinosaurs
Where life began and mankind first stood
Of living fossils and elephants
Where lions roar and springbok herds leap.

This is the place of struggle
Of desert plains and thorn trees
Where pathways end and hunters track game
Of horizons and frontiers
Where journeys start and sunsets bleed red.

This is the place of freedom
Of exploration and pioneers
Where darkness loomed and light saw us through
Of living legends and miracles
Where daybreak came and hope now shines bright.

My heart is at home in Africa
Where the sound of drums beat in my chest
And the songs of time ring in my ears
Where the rainbow mist glows in my eyes
And the smiles of friends make me welcome.

My mind is at ease in Africa
Where the people still live close to the soil
And the seasons mark my changing moods
Where the markets hustle with trading
And creation keeps its own slow time.

My soul is at peace in Africa
For her streams bring lifeblood to my veins
And her winds bring healing to my dreams
For when the tale of this land is told
Her destiny and mine are as one.

Um poema de Wayne Wisser

Descoberta Fascinante na Teoria da Evolução

Evolução Humanaaustralopithecus » homo habilis » homo erectus » homo sapiens » homo sapiens sapiens

… foi assim que aprendi na escola, de uma forma muito sintetizada, como se procedeu a evolução da espécie humana.

No entanto, neste ano a ciência poderá reescrever novamente os livros de História e Antropologia pois parece que a espécie homo erectus e homo habilis coexistiram no mesmo período de tempo, ou seja, é possível que uma não tenha sido necessariamente fruto da evolução de outra.

O jornalista James Urquhart da BBC conta-nos…

Darfur, Uma Dádiva do Subsolo

Grupo de Pessoas no Darfur“The newfound aquifer could turn the arid conflict zone into a broad oasis of farms and watering holes, according to Farouk El-Baz, director of Boston University’s Center for Remote Sensing…”

National Geographic News

——
(20/07/2007)
Segundo o que a BBC relata, há divergências quanto à veracidade desta afirmação porque este aquífero poderá ter secado há mais de 5000 anos atrás.

Leia o artigo da BBC…

Mil Imagens: Peixe Fugu

Vida Selvagem
Vida Selvagem
Família: Tetraodontidae
Habitat: Oceano Pacífico, Oceano Índico e Oceano Atlântico (Trópicos)
—–
Na foto aparece uma das várias espécies do conhecido peixe fugu. Estes animais aquáticos são famosos pela alta toxicidade do veneno que possuem em vários dos seus órgãos.Na gastronomia japonesa, quando mal confeccionado, o consumo deste peixe pode revelar-se letal o que o torna num dos pratos de maior projecção e exóticos no Japão.

O Continente Africano e o Tune Your World

Camponesas no Continente AfricanoAnna Shepard é colunista no jornal Britânico, The Times, e a autora do blogue Eco-Worrier, o qual recomendo vivamente a sua leitura regular.

Num dos seus posts, vim a descobrir o projecto Tune Your World que visa ajudar os músicos de países subdesenvolvidos e organizações não-governamentais. Entre os artistas, há vários de países de expressão portuguesa, como Sara Tavares, e uma secção dedicada a Portugal.

É uma ideia fantástica, descubram-na como eu descobri em TuneYourWorld.com