Uma Casa Nova

Mudança de Casa

A culpa não é da crise nem tão pouco da tinta preta destas paredes mas brevemente este blogue irá mudar de casa. Nos próximos dias vou andar atarefado a mudar o resto das mobílias. As mais pesadas já foram transportadas e sobram agora as mais pequenas. Uff…

Apesar da mudança ainda não estar completa podem já visitar o novo Flecha Quebrada e memorizar o seu endereço. Há convites para todos, portanto… feel free to visit me! ;)

Será então nessa nova casa onde eu passarei a partilhar comentários e ideias com maior regularidade. Fica aqui a nova morada:

http://www.flechaquebrada.org/

Cumprimentos! :)

Alerta Vermelho no Mar do Norte

Quadro de Robert HenriO norte da Europa está a ser fustigado por uma tempestade de dimensões consideráveis com ventos acima dos 140 km/h e ondulação superior a 20 metros, segundo relata o Instituto Norueguês de Meterologia (via Reuters). A notícia está a ser avançada esta noite por diversas agências noticiosas.

As autoridades dos vários países costeiros estão a encarar com seriedade esta situação pois a forte ondulação faz prever uma subida perigosa do nível da água. No entanto, a atenção principal recaí sobre a Holanda, país onde mais de um terço do território se encontra abaixo do nível da água.

Neste país, o risco de cheias é encarado com particular atenção dada a tipologia do território. Uma possível inundação poria em risco a vida de centenas de milhares de pessoas. As autoridades holandesas estão assim em alerta máximo e, como medida de prevenção, encerraram o maior porto marítimo da Europa para além de diversos diques situados ao longo da sua faixa costeira. O encerramento do porto de Roterdão é uma situação sem precedentes.

——
Imagem: “Marine – Storm Sea” (1911), quadro de Robert Henri

Um Momento Descontraído

Citação“O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou hoje, no final da Cimeira de Mafra, que a situação em torno da proposta de instalação do escudo antimíssil norte-americano na Europa de Leste tem semelhanças com a crise dos mísseis cubanos de 1960…”

Humm… em tom de brincadeira pode-se dizer que a declaração do presidente russo não é propriamente original… segundo o título deste artigo.

Ena pah, isto é que é vaidade… não é? :)

O Que Fazer em Caso de Sismo?

SismógrafoNa eventualidade de uma catástrofe, é sensato considerar a informação como um elemento privilegiado perante uma situação do género. Qualquer que seja o seu tipo.

Em Portugal, dado o facto de nos encontrarmos sobre uma zona de intensa actividade sísmica, a preparação para a ocorrência de um sismo é essencial. A importância desta é proporcional ao nível de intensidade e magnitude do mesmo.

Há largos anos que os especialistas nos alertam para a probabilidade de vir a acontecer um sismo de dimensões consideráveis e sinceramente duvido que a percentagem de população devidamente informada seja significativa.

Tendo em conta a minha suposição, divulgo a informação prestada por um organismo nacional.

Assim, no seu site, o Instituto de Meteorologia de Portugal indica-nos qual o comportamento a tomar durante a ocorrência de um sismo e depois deste mesmo.

O Instituto aconselha, também, os cidadãos a tomarem uma atitude pró-activa perante a eventualidade duma catástrofe através de medidas de prevenção:

——
Algumas indicações a ter em conta:

” – Mantenha acessível, junto ao telefone, uma lista actualizada de contactos de emergência incluindo a polícia, bombeiros, hospital mais próximo.
(…)

– Ensine os membros da sua família a desligar a electricidade no quadro geral ou a fechar a água ou o gás nas respectivas torneiras de segurança. Mantenha extintores operacionais relativamente perto de zonas onde haja risco de incêndio
(…)

Mantenha num local visível e facilmente acessível:
– Uma muda de roupa por pessoa e calçado confortável;
– Rádio a pilhas;
– Cobertores ou sacos-de-cama;
– Vários conjuntos de pilhas de reserva Papel higiénico e artigos de higiene pessoal;
– Estojo de primeiros socorros e medicamentos básicos;
– Mochila ou saco de transporte Velas e fósforos Pratos, copos e talheres descartáveis;
– Chaves sobresselentes Panelas, abre-latas, sacos do lixo;
– Documentos importantes, ou pelo menos,cópia destes;
– Fogão portátil (tipo “camping-gas”) em condições operacionais;
– Água engarrafada (1 litro/pessoa/dia) Pequenos jogos (baralho de carta e similares);
– Alimentos para 3 dias (sem necessidade de frigorífico):
– Comida enlatada, leite UHT, bolachas secas, frutos secos, sal, chá, café, açúcar, mel, etc;
(…)
– Medicamentos com receita médica, óculos de reserva, fotocópias de receitas médicas;
(…)
Nota: substitua periodicamente os alimentos; para as crianças e bebés e para indivíduos com necessidades especiais: alimentação adequada, fraldas e biberões, brinquedos, papel e lápis de colorir.”

leia nesta página,
“Prevenção Sísmica (meteo.pt)”